Acompanhe nossas notícias e saiba
o que andamos fazendo.

Tags ‘Greenvana Greenbest 2012

Reuso de águas cinzas, Vinlanda na vanguarda da adoção de práticas sustentáveis

Reuso de águas cinzas, Vinlanda na vanguarda da adoção de práticas sustentáveis

Postado em abril 19, 2012

Por que reciclar água?

Embora o Brasil possua 12% da água doce disponível no planeta, a oferta não é uniforme no território nacional. A maior parcela dos recursos hídricos encontra-se na Região Norte, distante dos centros urbanos onde se concentra a maioria da população brasileira. A preocupação com a gestão dos recursos hídricos na edificação tem para a Vinlanda dois objetivos claros e importantes. Em um contexto mais próximo e imediato, promover a redução e economia no consumo predial e individual de água potável dos clientes. Como conseqüência o segundo objetivo, favorecer uma utilização mais racional do recurso hídrico disponível, o que será extremamente necessário para enfrentar uma possível escassez de água no futuro dentro do contexto regional e até mundial.

Niterói e o reuso de água

O município de Niterói conta com uma população estimada de 487 562 habitantes (2010) e uma área de 129,375 km² ejá se encaixa hoje nos perfis dos grandes centros. O reuso com alternativa para economia de água, vem sendo estimulado em Niterói principalmente devido à lei de recursos hídricos.

A Lei nº 2856 de reaproveitamento de águas cinza, que estende as obrigações da lei municipal 2630, de 7 de janeiro de 2009 sobre o reaproveitamento da água das chuvas, é aplicável a todas as obras com mais de 500 m² e que tenham volume potencial de consumo igual ou superior a 20 metros cúbicos de água por dia. Nesses edifícios, as águas cinzas devem ser reaproveitadas para fins não potáveis, como vaso sanitário e lavagem de pisos.

Em vigor na cidade desde julho do ano passado, o projeto de reuso de águas cinza foi escolhido pelo prêmio GreenvanaGreenbest 2012 como uma das dez melhores iniciativas públicas de 2011 voltadas para sustentabilidade no Brasil. A idéia, que já está sendo praticada em pelo menos 18 edifícios residenciais, além de uma empresa de ônibus em Niterói, repercutiu em Brasília, onde o Congresso Nacional estuda torná-la obrigatória em todo país.

Niterói foi premiada pela iniciativa de normatizar a utilização de águas cinzas

 

 

 


Niterói foi premiada pela iniciativa de normatizar a utilização de águas cinzas.


O que é reuso de água?

A reutilização ou reuso de água ou, ainda em outra forma de expressão, o uso de águas residuárias, não é um conceito novo e tem sido praticado em todo o mundo há muitos anos. Existem relatos de sua prática na Grécia Antiga, com a disposição de esgotos e sua utilização na irrigação. No entanto, a demanda crescente por água tem feito do reuso planejado da água um tema atual e de grande importância.Nos empreendimentos da Vinlanda em Niterói estão sendo adotados dois sistemas de reuso e aproveitamento de águas, sempre para fins não-potáveis: sistema de aproveitamento das águas pluviais (AAP) e reciclagem das águas cinza (RAC).Por água pluvial entendemos toda a água de chuva devidamente coletada e armazenada. Por água cinza chamamos todo efluente que não possui contribuição da bacia sanitária (esgoto primário) e da pia de cozinha (gordura), ou seja, é o esgoto gerado pelo uso de banheiras, chuveiros, lavatórios, máquinas de lavar roupa e tanques. Nestas edificações, os sistemas de reuso de água que realizam o tratamento de RAC estão sendo direcionados exclusivamente para as descargas sanitárias e os que utilizam AAP,têm o seu reaproveitamento para fins tais como irrigação, lavagem e limpeza do condomínio.

Vinlanda em parceria com a SRA Engenharia

A Vinlanda, que tem como propósito adotar soluções cada vez mais ecológicas em suas construções, já vem utilizando o sistema de reuso, mesmo antes da legislação que o torna obrigatório. Para implantação do sistema de reuso nos seus empreendimentos, foi desenvolvida uma parceria com a SRA Engenharia. A empresa nacional,que é sediada em Niterói, desenvolveu um sistema de reuso de água cinza que utiliza a própria gravidade, inerente a verticalidade dos edifícios, para promover o tratamento de efluentes, sem necessidade de equipamentos eletromecânicos e gastos extras com energia elétrica.

A SRA possui hoje seis sistemas em pleno funcionamento em Niterói, e pelo menos doze em construção, cada qual produzindo aproximadamente 36 mil L de água de reuso por dia. A redução no volume do consumo de água é da ordem de 30%, o que pode representar até 50% de economia na conta de água do condomínio. Após a implantação do sistema, a empresa oferece assistência técnica e treinamento, conforme estabelece a Lei 2856, de Julho de 2011, a mesma citada anteriormente.

Como funciona o sistema?

Sistema exclusivo e único, utilizado e desenvolvido pela SRA Engenharia é composto de três etapas distintas e igualmente importantes. Caixa de acumulação, Filtros Verticais e Filtros Lentos compõem as três etapas e os equipamentos do Sistema.

A caixa de acumulação (retenção e desinfecção), localizada abaixo do pavimento de desvio das tubulações coletoras do esgoto secundário, tem por objetivo acumular o maior volume de efluente possível.Os filtros verticais ficam logo abaixo da caixa de acumulação. É a segunda e mais importante etapa do sistema e são produzidos hoje pela própria SRA.

SRA Engenharia - Filtros VerticaisSRA Engenharia - Água de Reuso dos Filtros Verticais

 

Os filtros horizontais lentos, ou seja, caixas preenchidas por cascalhos, areias, seixos rolados e carvão antracito, por onde a água flui lentamente, ficam  logo a pós os filtros verticais. Por fim são aplicadas ainda cloração e radiação ultravioleta gerando uma água não potável, mas com uma qualidade muito acima dos níveis preconizados pela ABNT, que é destinada a um reservatório independente, que nos projetos da Vinlanda alimentam exclusivamente as descargas sanitárias.

SRA Engenharia - Filtros Horizontais LentosSRA Engenharia - Cisterna de Água de Reuso com a água

 

De acordo com o diretor da empresa, Alexandre Santos, o sistema não consome energia, é limpo e não gera lodo. O único rejeito provém da limpeza periódica dos filtros verticais através de drenos e pode ser descartado direto na rede coletora de esgoto.

SRA Engenharia - Funcionamento do Sistema

Tags: , , , , , , , ,